2020: um ano de fortes emoções no mercado de vinho

O ano de 2020 foi, no mínimo, atípico. No início de janeiro, seria impossível imaginar que a Covid, que já dava sinais de que chegaria ao Brasil, teria o efeito indireto de transformar o vinho na bebida da quarentena. Ou que o consumo per capita cresceria tanto a ponto de chegar ao patamar de 2,80 litros por maiores de 18 anos, um crescimento de 30% em relação ao ano de 2019 entre a importação e a comercialização das vinícolas nacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: BLOQUEADO